“Uma taça de vinho tinto é equivalente à uma hora na academia”, diz estudo

In Coisinhas by Allinete0 Comments

Sim, com essa chamada qualquer um fica interessado na matéria. E foi assim que a Vogue Brasil fez sua chamada neste domingo para uma matéria sensacionalista que não explica muito coisa. Apenas dois parágrafos escritos sem nem um pouquinho de pesquisa. Fiquei intrigada com o estudo, queria mais informações a respeito, saber que critérios utilizaram para esta conclusão, que equivalência seria essa essa: perder peso, melhorar humor, fazer amigos, podia ser qualquer coisa. Apenas uma “jogada” no Google com o nome do suposto responsável para ver que se trata de um estudo feito há alguns anos e que não tem nada de verdade. Quer dizer, pelo menos o composto que ele estudou sim, mas a equivalência de uma taça para uma hora… nem de perto. Temos que filtrar tudo o que lemos, acreditar desacreditando e, por favor, não leia só os título e já tome como verdade tudo. Nesta semana me deparei com diversas matérias deste tipo pela internet, aliás, encontro sempre, mas nesta semana foi demais. Inclusive fazendo acreditar em coisas absurdas, que não quero nem comentar aqui. Este recurso de poder compartilhar qualquer coisa no Facebook tem tomado proporções catastróficas em minha linha do tempo. Leio mentiras escancaradas a todo momento, como se já não bastasse os jornais, encontro amigos que muitas vezes só leem o título, não pesquisam a veracidade, não conseguem ler as verdades escondidas nas entrelinhas e ainda não deixam você argumentar, também não entendem sarcasmo e o pior, tem gente que não consegue nem entender quando você não concorda e está expressando com todas as letras uma opinião contrária! Pois é, ou eu não estou me fazendo entender no mundo virtual ou as pessoas estão querendo tanto acreditar nas tais verdades que, mesmo quando você diz “Ei! Ele escreveu a matéria mas o título só é sensacionalismo, não é verdade, a matéria em nenhum momento diz isso aí!”, as pessoas preferem acreditar mais no título do que na matéria e, quase sempre, levando a acreditar que o mundo está perdido. Na maioria das vezes a fonte nem é confiável, mas quais são, não é mesmo? Sim, o mundo está perdido mesmo, mas mais ainda por conta das pessoas que preferem acreditar nas mentiras e tem preguiça de ler e de pesquisar. Eu estou em grupo talvez pior, pois mesmo tendo entendido que a matéria muitas vezes é puro sensacionalismo e não a verdade, prefiro nem comentar mais e acabo deixando esta contaminação por isso mesmo…

Fazendo um segundo parágrafo do meu desabafo apenas para indicar um site muito interessante, mas antes, saiba que nada mesmo lá é verdade, pode confiar. Não, não é sarcasmo! É literalmente Sensacionalista, humor sensacional.

Deixe um comentário!